Fernando Segóvia é escolhido de Temer para assumir a Polícia Federal

O presidente Michel Temer oficializou nesta quarta-feira (08) a troca do diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, pelo delegado Fernando Segóvia, ex-superintendente da PF no Maranhão.

Daiello estava à frente da PF desde 2011 e sua saída estava sendo negociada desde o início do governo Temer.

Segóvia, que tem 22 anos de carreira na Polícia Federal já pertenceu ao grupo de elite da corporação, o Comando de Operações Táticas (COT). Foi superintendente da PF no Maranhão, adido policial na África do Sul e coordenador, pela PF, da Campanha do Desarmamento.

O novo diretor-geral será apresentado ao presidente em audiência na tarde desta quarta, acompanhado do ministro da Justiça, Torquato Jardim.