Em palestra a investidores, Haddad defende política fiscal robusta

O candidato a vice-presidente pelo PT, Fernando Haddad, disse na noite desta quinta-feira (08) durante a palestra a investidores que um eventual governo petista eleito em outubro terá uma “política fiscal robusta” como, segundo ele, foi marca nos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em palestra promovida pelo banco BTG Pactual em São Paulo, Haddad também disse que terá uma conversa franca com o sistema bancário sobre os spreads, mas adiantou que o partido tem uma posição rígida sobre o assunto.

“Nós sim devemos adotar uma política fiscal robusta, que foi a marca dos governos Lula”, disse Haddad durante a palestra, afirmando que os governos do ex-presidente registrou superávits primários sucessivos.

Haddad disse aos investidores que Lula, registrado como cabeça da chapa petista à Presidência, tem experiência na condução da economia.

O candidato a vice do PT, que já defendeu uma tributação aos bancos que cobrarem juros altos, também voltou a defender o crédito como ferramenta de desenvolvimento.

“Pretendemos fazer uma discussão muito franca com o sistema bancário com relação aos spreads… Mas temos uma posição muito rígida em relação a isso”, afirmou.

Lula está preso desde abril em Curitiba cumprindo pena por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá. Apesar de liderar as pesquisas de intenção de voto, o petista deve ficar impedido de disputar a eleição pela Lei da Ficha Limpa.

(Créditos: Agência Reuters)