Taboão da Serra conquista uma importantíssima vitória de virada fora de casa, diante do Osasco.

Cão Pastor venceu um jogo eletrizante, no C. T.  Cidade de Deus, batendo de virada o Grêmio Osasco pelo placar de 4 gols a 3, com gol de pênalti aos 45 minutos do 2º tempo.

Na tarde desta 4ª feira, (5), o C. T. Cidade de Deus, em Osasco, foi o palco de uma movimentada partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Paulista Categoria de Base Sub-20 da 1ª Divisão, com quatro gols no 1º tem e mais 3 na etapa final.

O Tricolor da Serra, vinha de um péssima resultado em seus domínios, uma derrota de virada diante do São Caetano, por 3 gols a 2, e precisava do resultado positivo, da reabilitação, para subir na tabela, onde ocupava a 9ª  posição, com 9 pontos ganhos.

O jogo:

 

Quando a bola rolou no gramado do C. T. Cidade de Deus, a equipe do Cão Pastor passou a viver um pesadelo; a equipe da casa entrou com muito apetite no jogo sem dar chances para a equipe visitante, logo aos 6 minutos de luta, pulou na frente do marcador.

Depois de uma cobrança de falta ensaiada pelo time serrano, que saiu totalmente errada, a zaga do Grêmio retomou a bola e ligou um fulminante contra ataque,  a bola se ofereceu para o centro avante Adriel, camisa 9, que livre de marcação, de frente pra Thiago, marcou; Grêmio 1 x 0 Cão Pastor.

O Taboão da Serra não se encontrava em campo, não conseguia acertar os passes, e dava a posse da bola para os donos da casa, que mais assentado em campo, levava perigo para a meta tricolor, até que aos 12 minutos, saiu o segundo, tento do apoiador Herculles, camisa 11; Gladiador 2 x 0 Tricolor da Serra.

O segundo gol do Osasco, parece que acordou a equipe de Taboão da Serra, a reação foi imediata, dois minutos depois do gol gremista, (aos 14 minutos), o 4º zagueiro João Victor aproveitou uma sobra de bola da zaga da casa, e de pé direito diminuiu a vantagem osasquense; Osasco 2 x 1 Tricolor.

O gol fez bem para o time serrano, o volume de jogo da equipe  de Taboão da Serra cresceu, ela passou a dominar as ações da partida e não demorou a igualar o marcador; desta vez a fatura foi do meia atacante Igor, camisa 10, aos 23 minutos; Grêmio 2 x 2 Cão Pastor.

O time da casa sentiu o gol e se retraiu, aceitando o ritmo de jogo dos visitantes, que continuou no ataque, tentando a virada e os 3 pontos tão importantes para as pretensões serranas, mas o 1º tempo acabou mesmo no empate; Osasco 2 x 2 Taboão da Serra.

No início da segunda etapa, o Cão Pastor voltou a cometer erros no seu ataque, perdendo a posse da bola e abrindo chances para o seu adversário, que terminou por aproveitar uma delas; aos 9 minutos, de novo tomou a frente do placar.

No erro de marcação da zaga de Taboão da Serra, a equipe gremista conseguiu num bate – rebate na área do goleiro Thiago, anotar o 3º gol do time vermelho, que foi também o segundo do centro avante Adriel, camisa 9, e a vantagem no placar; Gladiador 3 x 2 Tricolor serrano.

O time da casa voltou a comandar as ações, enquanto o Cão Pastor se retraia e aceitava o jogo do rival, as oportunidades de marcar porém, não eram aproveitadas pelo time gremista, e o relógio ganhava velocidade, quando se aproximava o final da partida a equipe taboanense  reagiu.

Aos 40 minutos, numa bola recuperada no setor central do campo, o ataque tricolor criou um contra ataque e pegou de surpresa a defesa Osasquense, e o centro avante camisa 9, Henrique apareceu livre de  marcação, para vencer o goleiro Lucas, (ex-Cão Pastor); Osasco 3 x 3 Taboão.

Quando tudo indicava que o empate em 3 x 3 seria mesmo o placar final da partida, em mais uma das escapadas do ataque tricolor o centro avante camisa 9, Henrique, invadiu a área gremista em velocidade e foi derrubado; o juiz sr. Pietro Dimitrof Stefanelli, não teve dúvidas e assinalou a penalidade.

Com confiança, o meia atacante camisa 10, Igor, pôs a bola debaixo do braço e assumiu a cobrança do tiro fatal e o fez com maestria, bateu firme, rasteiro, no canto esquerdo, enquanto o goleiro Lucas, desabava pro canto direito, final do confronto; G. E. Osasco 3 x 4 C. A. Taboão da Serra.

 

Encerrada a 10ª rodada, a equipe do Cão Pastor chegou aos 12 pontos ganhos, mas permaneceu no 9º posto, empatado com o São Caetano, mas em desvantagem no número de vitórias, o time está a 4 pontos da zona de classificação, (o famoso G-4); veja a classificação atualizada do Grupo 4:

Agora a competição entra em recesso; e as equipes só voltam a se enfrentar, no último final de semana do mês de julho, (28), já o Cão Pastor volta a disputa, no sábado, (29), ás 15:00 h, quando recebe no Canil do Cão Pastor, o Estádio Municipal Vereador José Feres, a equipe do Santos F. C.

Ficha técnica:

http://2016.futebolpaulista.com.br/sumulas2.php?cat=19&cam=25&jog=218&ano=2017

Leia mais sobre o Cão Pastor em:

www.blogvalentecaopastor.blogspot.com.br/

Yes we CATS

Pega eles Cão Pastor.