São Paulo bate CRB pela Copa do Brasil e alivia pressão sobre Dorival

Após três partidas sem vencer, o São Paulo desencantou durante a noite desta quarta-feira. Jogando diante de meros 8.514 torcedores, o time tricolor derrotou o CRB-AL, por 2 a 0, com gols de Valdívia – o primeiro dele pelo clube – e Éder Militão, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Com o resultado, a equipe dirigida por Dorival Júnior encaminha a classificação à quarta fase do torneio nacional e ameniza a pressão sobre o treinador, que ganha sobrevida no cargo. O duelo de volta, em que o Tricolor pode perder por até um gol de diferença, está marcado para o dia 14 de março, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Antes, no entanto, ambas as equipes voltam sua atenções para os Estaduais. Após derrotas para Santos e Ituano e empate com a Ferroviária, o São Paulo tentará se reabilitar no Campeonato Paulista diante do Linense, neste domingo, às 19h30, fora de casa. Já o CRB tem o clássico com o CSA, às 17 horas do mesmo dia, pelo Alagoano.

O Jogo – Precisando vencer para se manter no cargo, Dorival Júnior inovou na escalação ao colocar Brenner no lugar de Diego Souza. Sidão, que sofreu uma lesão na coxa direita durante o aquecimento, deu lugar a Jean, estreante da noite.

Imprimindo ritmo forte desde o início, o Tricolor teve a sua primeira grande chance de abrir o placar aos oito minutos, após Hudson ser derrubado por Feijão dentro da área. Na cobrança do pênalti, Cueva bateu rasteiro, deslocou o goleiro João Carlos, mas mandou para fora, aumentando o clima de apreensão no Morumbi.

O time da casa, contudo, não se abateu e continuou em cima dos alagoanos. Aos 13, Petros foi à linha de fundo e tocou para trás. Hudson bateu colocado, da entrada da área. A bola saiu rente à trave esquerda.

Depois de tanto pressionar, o São Paulo finalmente abriu o placar. Aos 34, após tabela com Militão, Brenner cruzou para o meio da área, mas a bola foi desviada. Melhor em campo, Valdívia aproveitou a sobra e bateu rasteiro, no canto direito de João Carlos, sem chances de defesa.

Mais tranquilo, o Tricolor ampliou a vantagem aos 41 minutos: após lançamento de Jean, Militão tabelou com Cueva e tocou na saída do goleiro para fazer 2 a 0. A boa atuação do time rendeu aplausos da torcida ao término do primeiro tempo.

O São Paulo não diminuiu o ímpeto no começo da etapa complementar e por pouco não fez um golaço aos sete minutos. Em cobrança de falta sofrida por Valdívia, Cueva bateu colocado, acertando o travessão de João Carlos. Aos 19, nova chance: após passe de Petros pela direita, Brenner fez o corta-luz e deixou para Valdívia finalizar. A bola tirou tinta da trave direita.

Precisando diminuir a desvantagem, o CRB se lançou ao ataque e chegou perigosamente pela primeira vez aos 28 minutos, quando Ratinho arrancou pela direita e cruzou rasteiro. A bola passou bem perto de Neto Baiano e Juninho Potiguar, que se esticaram, mas não conseguiram empurrar para o gol.

O São Paulo, já com Nenê e Diego Souza nos lugares de Marcos Guilherme e Brenner, respondeu na sequência. Após cruzamento rasteiro de Militão pela direita, Cueva desviou com o pé e quase marcou o dele. Com Paulinho na vaga do peruano, o Tricolor administrou bem o placar trocando passes e encaminhou a classificação à quarta fase da Copa do Brasil.

(Créditos: Gazeta Esportiva)