Santos bate Goiás na Vila Belmiro e volta ao G4

Forte na Vila Belmiro, o Santos venceu o Goiás por 3 a 1, neste domingo, em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Arrasador no primeiro tempo, o Peixe abriu 3 a 0, com gols de Werley e de Ricardo Oliveira, duas vezes. Na segunda etapa, o Alvinegro praiano tomou um gol, marcado por David, mas administrou a vantagem para sair de campo com os mais três pontos.

Com o resultado, o Santos chegou a 49 pontos e se manteve no G4, a região de classificação para a Copa Libertadores. O Goiás, por outro lado, segue no calvário e permanece na zona de rebaixamento. O time acumulou a quarta derrota consecutiva e ficou com 31 pontos, na 18ª posição.

No próximo sábado, o Peixe vai a Florianópolis enfrentar o Figueirense, no Orlando Scarpelli, às 18h30 (de Brasília), enquanto o Esmeraldino recebe o Cruzeiro, no domingo, às 18h (de Brasília), no Serra Dourada.

O jogo – O time da Vila Belmiro começou a partida pressionando o Goiás, que tinha dificuldades para sair jogando. Antes dos dez minutos, o Santos criou a primeira a chance. Lucas Lima encontrou Ricardo Oliveira livre na área. O atacante bateu cruzado na saída de Renan, mas a bola desviou nos pés do goleiro e explodiu na trave.

O Peixe ditava o ritmo do jogo e empurrava o adversário para o campo de defesa. O gol era apenas questão de tempo e não demorou a sair. Aos 11 minutos, Werley abriu o placar. Daniel Guedes cruzou da direita na cabeça do zagueiro, que testou firme para o fundo das redes, sem chances para Renan. Logo depois, veio o segundo gol. Fred falhou na saída de bola e deixou Ricardo Oliveira frente a frente com o goleiro. O artilheiro do Brasileirão não perdoou e ampliou o marcador.

Apático, o Goiás não esboçava reação e permitia que o Santos criasse inúmeras oportunidades. Aos 28, Ricardo Oliveira teve um gol anulado. Leandro escapou pela esquerda e cruzou para a área, mas a arbitragem sinalizou o impedimento antes da conclusão do lance. Quatro minutos depois, Leandro quase fez o terceiro. O atacante recebeu na área e chutou cruzado, mas Renan defendeu. No rebote, Marquinhos Gabriel chegou de carrinho para empurrar para o gol, mas não alcançou a bola.

Mesmo com 1 a 0 no placar, o Peixe não diminuiu o ritmo. Aos 41, Lucas Lima cobrou falta da intermediária e quase acertou o ângulo esquerdo de Renan, que ficou sem reação. Logo depois, Marquinhos Gabriel arriscou de canhota e mandou na rede pelo lado de fora. Tamanha insistência do Santos teve resultado na marca de 45 minutos. Lucas Lima lançou para a área, Marquinhos Gabriel ajeitou de letra e Ricardo Oliveira emendou de primeira para ampliar.

Ricardo Oliveira ainda teve uma chance de fazer o quarto, nos acréscimos do primeiro tempo. Após cobrança de falta para a área, o atacante subiu mais do que os zagueiros e cabeceou firme para o gol. Renan defendeu à queima roupa e evitou que o Goiás sofresse uma goleada logo na etapa inicial.

O Santos voltou para o segundo tempo com a mesma postura e por pouco não chegou ao quarto gol, logo com dois minutos de partida. Após cruzamento da direita, Leandro chutou, mas foi bloqueado. Ricardo Oliveira pegou o rebote e carimbou Gimenez, que se jogou na bola para evitar o gol. Na sequência, o Goiás diminuiu. David arriscou de fora da área, a bola desviou em Werley e enganou Vanderlei.

O gol animou o Esmeraldino, que pareceu ensaiar uma pressão. Aos sete minutos, Zé Love recebeu na área e bateu cruzado. A bola passou rente à trave esquerda de Vanderlei e assustou o goleiro santista.

O Santos não se abalou com o gol sofrido nem com a tentativa de pressão do Goiás e seguiu melhor no jogo. Aos 19, Marquinhos Gabriel recebeu passe em profundidade, invadiu a área, chutou de pé esquerdo, mas mandou por cima do gol. Depois desta finalização, a partida perdeu em intensidade. O Peixe parecia satisfeito com os 3 a 1 no placar e diminuiu o ritmo. O Esmeraldino não conseguia pressionar em busca da reação.

Com a partida se aproximando do final, o Peixe cadenciou o jogo e apenas esperou o apito final. Dorival Júnior chegou a tirar Lucas Lima, um dos destaques do time neste domingo.

(Créditos: Gazeta Esportiva)