Osorio dá indícios de que sairá mas adia anúncio

O técnico Juan Carlos Osorio contrariou as expectativas e anunciou na noite deste sábado (03), depois da vitória do São Paulo sobre o Atlético-PR, que, ao menos por enquanto, fica no Morumbi. Antes do jogo, o treinador dava indícios de que iria anunciar sua saída para dirigir a seleção mexicana.

Logo na chegada ao estádio, o colombiano foi cercado pelos repórteres para saber do futuro do treinador. Sempre muito educado, desconversou em todas as respostas e, após a partida, demorou quase 45 minutos para anunciar que continua no Tricolor. A decisão oficial deve acontecer até a próxima quarta-feira (7), quando a equipe volta da folga.

Para não haver o que diz terem sido confusões de tradução nos últimos tempos, o treinador preferiu falar em espanhol. Apesar de ter melhorado bastante na língua portuguesa, ainda não se sente seguro em asssuntos delicados.

“Quero pedir desculpas para as pessoas ligadas com o São Paulo que eu, involuntariamente, envolvi. Especialmente, (quero pedir desculpas) aos torcedores, por quem tenho tanto carinho”, disse. “É uma decisão que nada tem a ver com dinheiro. É algo pessoal… Familiar. É uma decisão de objetivos profissionais, de sonhos de ser-humano e, sinceramente, é muito difícil de tomar essa decisão. Estamos falando de um dos maiores clubes da América, mas também de uma seleção mexicana.”

Osorio disse que não quer que seus jogadores passem pela mesma “tortura” que ele está passando. O melhor dos mundos nesta ocasião seria conseguir uma liberação da federação mexicana para ficar pelo menos até o fim do ano no São Paulo. O clube está na semifinal da Copa do Brasil, enquanto a seleção mexicana tem compromissos importantes na busca por uma vaga para a Copa do Mundo de 2018.

“Espero ter uma decisão final para depois que a equipe volte do descanso na quarta-feira. Quando tomar esta decisão, os dirigentes do São Paulo serão os primeiros a saber.”

(Créditos: R7)