Toyota anuncia recall de 3,37 milhões de carros por problemas técnicos

A montadora japonesa Toyota vai convocar um recall de 3,37 milhões de veículos em todo o mundo por problemas de airbags, não relacionados com escândalo da empresa Takata, e falhas vinculadas ao tanque de combustível, anunciou a empresa nesta quarta-feira.

Entre os modelos mais afetados estão o híbrido Prius (gasolina/energia elétrica), o Corolla e a marca Luxus.
Alguns carros passarão por um recall para a instalação de “suportes de retenção dos airbags” laterais, que abrem ao longo das janelas quando acontece um choque com a parte de trás do automóvel.

Os airbags podem abrir por erro ou por falhas detectadas no gerador de gás que ativa o mecanismo.

“Este problema não provocou nenhum acidente em um modelo Toyota em nenhum país”, afirmou a empresa.

No total, 1,43 milhão de carros fabricados entre 2008 e 2012 passarão pelo recall: 743.000 no Japão, 495.000 na América do Norte e 141.000 na Europa.

Nos demais automóveis, a Toyota precisa substituir o suporte de aspiração do combustível.

Este recall afeta 2,87 milhões de automóveis fabricados entre 2006 e 2015: 1,55 milhão no Japão, 713.000 na Europa, 35.000 na China e 568.000 em outras regiões.

Mais de 900.000 veículos precisam passar pelas duas revisões, o que deixa o total de carros afetados em 3,37 milhões.

A filial holandesa da Toyota foi a primeira a reagir na Europa, com o anúncio do recall de 41.334 veículos por problemas de filtros de carbono e outros 17.220 por possíveis airbags defeituosos.

O problema com o “filtro de carbono” tem relação com um sistema de controle das emissões de vapores do combustível, no qual poderia existir uma fissura, segundo a Toyota.

(Créditos: UOL)

'