“Despacito” iguala recorde de Mariah Carey com 16 semanas no topo

A versão do sucesso “Despacito” de Luis Fonsi com Justin Bieber se manteve por 16 semanas consecutivas no topo do ranking “Hot 100” da Billboard, se igualando ao recorde da cantora norte-americana Mariah Carey e da banda Boyz II Men de 1995-1996, disse a revista na segunda-feira.

Mariah e a banda masculina Boyz II Men ficaram por 16 semanas em primeiro lugar do ranking com a canção “One Sweet Day”.

“Isso é histórico para a música latina! Obrigado a todos por todo o seu apoio… me sinto muito abençoado”, disse Fonsi, em sua conta do Twitter.

A música, que inclui trechos cantados por Bieber, entrou no ranking no começo de fevereiro em 88º lugar e foi subindo posições ao longo das semanas. No começo de maio, o hit passou para o nono lugar da lista das 100 músicas mais escutadas e se consolidou na primeira posição até o final deste mês.

A música cativante do porto-riquenho Fonsi com o rapper Daddy Yankee foi lançada em janeiro e se tornou rapidamente uma das mais escutadas na América Latina e na Europa. Entretanto, seu sucesso massivo chegou com o remix de Bieber nos meses seguintes.

O remix também domina o ranking de venda de canções em versão digital há 17 semanas, com 80 mil downloads vendidos na semana que terminou no dia 24 de agosto, disse a Billboard.

“Despacito” também bateu o recorde de 16 semanas como a música mais ouvida por streaming, com 44,6 milhões de reproduções nos Estados Unidos na última semana, cerca de 4 por cento a menos do que nos sete dias anteriores.

A canção está há 30 semanas no topo do ranking de canções latinas mais escutadas, disse a Billboard.

Entre janeiro e julho, “Despacito” registrou mais de 4.600 milhões de reproduções na internet e, só no YouTube, a versão com Justin Bieber possui mais de 5 milhões de reproduções.

(Créditos: Reuters)