Conheça a Sérvia, nossa terceira adversária na copa do mundo

A seleção da Sérvia sucedeu a antiga federação de Sérvia e Montenegro. Foi fundada em 2006 sendo uma das mais jovens federações a participar de uma copa do mundo em toda a história. Ela vai pra sua segunda copa do mundo, sendo que em 2010 não passou da primeira fase mas conseguiu uma vitória perante a Alemanha de 1 a 0.

O sistema de jogo é tradicional da escola da antiga Iugoslávia, com toque de bola refinado e pressão na marcação. Muitos jovens da seleção sub-20 que ganhou o mundial de 2015 estão nesse grupo, no qual eles apostam em uma potencial força da juventude. Os principais nomes desta boa seleção são Milinkovic-Savic (Lazio-Itália), Kolarov (Roma-Itália) e Ivanovic (Zenit-Rússia). O primeiro jogador que foi citado até foi especulado pra jogar no Real Madrid, sendo que o time merengue ofereceu mais de 650 milhões de reais (150 milhões de euros) pra ter o meia atacante já na próxima temporada.

Seleção da Sérvia, nossa terceira adversária na copa do mundo.

Um fato interessante do futebol sérvio são as constantes brigas nos estádios locais, principalmente no clássico Partizan Belgrado versus Estrela Vermelha. Inclusive o Estrela Vermelha protagonizou uma batalha campal com outro time (Dínamo Zagreb), que depois disso (juntando com o nacionalismo e o confronto entre os povos que habitavam, como albaneses, croatas e macedônios) virou a guerra que fragmentou e acabou com a Iugoslávia, isso no início da década de 1990, um dos episódios mais marcantes da geopolítica mundial.

A seleção sérvia tem qualidade de toque de bola, mas depois de uma vitória e uma derrota na copa do mundo ela está na corda-bamba, pois tem que ganhar da seleção brasileira, e isso pode ser o diferencial pra nossa seleção, pois ela avançando, irá sobrar espaços no ataque, e isso facilita o jogo dos meias, como Willian e Paulinho.

Sobre Felipe dos Santos 11 Artigos
Professor de Historia, Técnico em Processos Gerenciais e Articulista Esportivo.