China e Japão iniciam conversas econômicas em meio a temores de guerra comercial

O ministro das Relações Exteriores japonês, Taro Kono, e seu colega chinês iniciaram as primeiras conversas econômicas de alto nível entre suas nações em oito anos nesta segunda-feira, no momento de tensa relação comercial dos Estados Unidos com os dois países.

A preocupação é crescente sobre uma disputa comercial entre a China e os Estados Unidos, na qual as duas nações se ameaçam mutuamente com tarifas. O Japão entrou para as críticas do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre o comércio e foi atingido com as tarifas sobre o aço e o alumínio, mas o Japão ainda não ameaçou com retaliações.

O principal diplomata da China, Wang Yi, é o primeiro ministro das Relações Exteriores da China a visitar o Japão em um contexto bilateral em nove anos.

“Nesses oito anos, as duas nações, assim como as condições econômicas que as cercam, mudaram muito, mesmo com o aumento dos papéis econômicos regionais”, disse Kono no início das discussões, observando a necessidade de redefinir seus laços bilaterais.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o presidente chinês, Xi Jinping, prometeram no ano passado redefinir a relação, às vezes tensa, entre as duas maiores potências econômicas da Ásia.

(Créditos: Reuters)