Caixa suspende linha de financiamento barato para imóveis usados

A Caixa Econômica Federal suspendeu nesta terça-feira (07) a linha de financiamento pró-cotista para imóveis usados, que utiliza recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e é a mais barata depois do programa Minha Casa Minha Vida. A suspensão ocorreu porque todo o crédito de R$ 1,4 bilhões foi utilizado.

Já para imóveis novos, a linha de financiamento continua aberta até o limite de R$ 2,1 bilhões.

A Caixa informou que a linha pode ser utilizada apenas por trabalhadores com ao menos três anos de vínculo com o FGTS, que esteja trabalhando ou com saldo igual ou superior a 10% do valor do imóvel, sem limite de renda.

Os pró-cotistas tem taxas de juros que variam de 7,58% a 8,66% ao ano. Em 2017, a linha emprestou mais de R$ 6,1 bilhões ao financiamento de imóveis novos e usados.

A previsão é de que a modalidade de crédito para imóveis usados volte a operar somente em 2019.