Benefícios do contato com a natureza

O retorno e a real necessidade dos ambientes naturais

Por mais que seja difícil de acreditar, devido às circunstâncias em que vivemos na atualidade, principalmente em zonas urbanas, os seres humanos passaram  cerca de 99% de sua existência em contato direto com a natureza.

Levando isso em conta, cada vez mais cientistas estudam e analisam os benefícios que a natureza proporciona, seja através do calor, substâncias que o organismo necessita ou da simples sensação de bem estar que o contato nos traz.

Em escritórios sem janelas, as pessoas ficam mais insatisfeitas com seu trabalho, ficam doentes com mais frequência e faltam mais, apresentando alto nível de ansiedade e tensão, caracterizando a síndrome do edifício doente, reconhecida pela Organização Mundial da Saúde. Já em lugares com algum elemento verde, os trabalhadores são mais satisfeitos com seu trabalho, mais pacientes e ficam menos doentes. E, em escolas, alunos que têm aulas em salas com vista para a natureza têm melhores notas e mais foco.

No ano de 1984, Robert Ulrich relatou que pacientes de um hospital na Pensilvânia, nos Estados Unidos, que estavam internados em quartos com vista para árvores, apresentavam uma melhora mais rápida e efetiva, além de terem melhora no humor e necessitarem de menores doses dos remédios.

Enquanto isso, pacientes em quartos com janelas voltadas para uma parede de tijolos apresentavam complicações, maior tempo de internação e maior número de reclamações sobre funcionários do hospital.

Quase 100 anos antes disso, em 1889, Van Gogh relatava os benefícios que o contato com a natureza realiza e retratava em pinturas, trazendo saúde mental, enquanto estava internado voluntariamente para tratar de seu transtorno bipolar.

Observar árvores pelo caminho, ter plantas em casa, ouvir o canto dos pássaros ou até mesmo mentalizar paisagens naturais, são atitudes que podem aliviar a tensão do dia a dia e se tornarem fundamentais no tratamento de diversas doenças.

Sobre Nutsha de Luca 1 Artigos
Técnica ambiental, coordenadora de projetos, escritora e design em permacultura.