Bélgica dá show e confirma favoritismo sobre o Panamá

A ascendente Bélgica estreou na Copa do Mundo da Rússia com vitória na tarde desta segunda-feira. A geração de Eden Hazard e Kevin De Bruyne, tratada por muitos com entusiasmo, brilhou no segundo tempo e ganhou por 3 a 0 do Panamá, debutante no torneio.

Os gols da seleção treinada pelo espanhol Roberto Martinez foram marcados por Dries Mertens e Romelu Lukaku (2). Com o triunfo alcançado no Estádio Olímpico de Sochi, a Bélgica marca seus primeiros três pontos no Grupo G, completado por Inglaterra e Panamá.

Pela segunda rodada da Copa do Mundo, às 9 horas (de Brasília) deste sábado, a Bélgica tenta manter o embalo diante da Tunísia, no Estádio Spartak. Já o Panamá, em busca dos primeiros pontos no torneio, pega a Inglaterra às 9 horas de domingo, na arena de Nizhny Novgorod.

O Jogo – A Bélgica dominou as ações desde o início da partida e ditou o ritmo. No primeiro tempo, acuado pela equipe europeia no campo de defesa, o Panamá não conseguiu ameaçar o gol defendido por Thibaut Courtois e contou com Jaime Penedo inspirado para manter o placar intacto.

Logo no começo da partida, Hazard carregou para o meio e acionou Mertens, que bateu para a primeira boa intervenção do goleiro panamenho. Pouco depois, em um recuo curto do zagueiro Torres para Penedo, Hazard aproveitou e acertou a rede pelo lado de fora.

Sem correr riscos no campo de defesa, a Bélgica manteve a pressão e só não saiu na frente porque Torres impediu a finalização de Lukaku após cruzamento de De Bruyne pela direita. Em mais uma boa intervenção, Penedo ainda precisou sair nos pés do centroavante adversário.

A Bélgica conseguiu enfim inaugurar o marcador no primeiro minuto da etapa complementar. Após cruzamento vindo da direita, Torres afastou parcialmente e Escobar dividiu com Hazard pelo alto. Atento à sobra, sem deixar a bola quicar, Mertens completou de primeira para marcar um golaço.

A seleção europeia aumentou a vantagem aos 23 minutos. Em jogada pelo lado esquerdo, De Bruyne recebeu de Hazard e cruzou de trivela. Bem posicionado, o centroavante Lukaku completou de cabeça para o fundo das redes do goleiro Penedo.

Com o Panamá completamente dominado, a Bélgica marcou o terceiro seis minutos depois. Após roubar a bola na defesa, o time europeu fez uma rápida transição ao campo de ataque. Hazard puxou o contragolpe e deixou Lukaku livre para tocar na saída do goleiro.

(Créditos: Gazeta Esportiva)