Amazonino Mendes é eleito governador do AM em eleição suplementar

Em eleição suplementar no Amazonas, Amazonino Mendes (PDT) foi eleito governador do Amazonas ao derrotar Eduardo Braga (PMDB), por 59,21 por cento dos votos a 40,79 por cento, neste domingo (28), após cassação do mandato de José Melo (PROS) por compra de votos na eleição de 2014.

Amazonino, que já foi governador, também havia ficado em primeiro lugar no primeiro turno da votação suplementar, em 6 de agosto, mas sem obter a votação necessária para evitar o segundo turno.

De acordo com números do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 25,8 por cento dos eleitores do Amazonas não participaram da votação de domingo, e entre aqueles que foram às urnas 23,79 por cento votaram branco ou nulo.

A eleição suplementar no Amazonas foi convocada em maio deste ano depois que o TSE cassou o mandato de José Melo e de seu vice, Henrique Oliveira, por compra de votos na eleição de 2014.

(Créditos: Reuters)